Regressar à lista

CÂMARA DE MARCHA ATRÁS

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Funcionamento

Ao engrenar a marcha-atrás (e até cinco segundos depois de engrenar outra mudança), a câmara 1 posicionada perto das luzes transmite a perspetiva atrás do veículo ao ecrã multimédia 2 acompanhada de uma guia fixa e uma guia móvel.

Este sistema é utilizado com a ajuda de uma ou de várias guias (móvel para a trajectória, fixa para a distância). Quando a zona vermelha é atingida, consulte a representação do pára-choques para parar com precisão.

Nota:

- certifique-se que a câmara de marcha atrás não está tapada (sujidades, lama, neve…);

- consoante o veículo, determinadas regulações podem ser configuradas no ecrã multimédia 2. Para mais informações, consulte o manual do sistema multimédia.

Esta função constitui uma ajuda suplementar. Por isso, em caso algum o sistema poderá substituir a vigilância e a responsabilidade do condutor.

O condutor deve manter-se atento aos imprevistos que possam surgir durante a condução, como, por exemplo, obstáculos móveis (criança, animal, carrinho de criança, bicicleta...) ou demasiado pequenos ou finos (pedras de pequena dimensão, um pau fino...) para serem detectados pelo sistema.

Guia móvel 3 (consoante o veículo)

É apresentada a azul no ecrã multimédia 2. Indica a trajetória do veículo em função da posição do volante.

Guia fixo 4

A guia fixa é constituída por marcas de cores ABC que indicam a distância atrás do veículo:

- A(vermelha) a cerca de 30 centímetros do veículo;

- B(amarela) a cerca de 70 centímetros do veículo;

- C(verde) a cerca de 150 centímetros do veículo.

Esta zona mantém-se fixa e indica a trajectória do veículo, em função do alinhamento das rodas.

O ecrã apresenta uma imagem invertida semelhante à de um retrovisor.

As zonas (móvel e fixa) são uma representação projectada em solo plano; esta informação deve ser ignorada quando se sobrepõe a um objecto vertical ou assente no solo.

Os objectos que se afixam no bordo do ecrã podem surgir deformados.

Em caso de excessiva luminosidade (neve, veículo ao sol, etc.), a imagem captada pela câmara pode ser perturbada. Quando o porta-bagagens está aberto ou mal fechado, o testemunho aparece no quadro de comandos e, consoante o veículo, a afixação da câmara desaparece.

Esta função constitui uma ajuda suplementar. Por isso, em caso algum o sistema poderá substituir a vigilância e a responsabilidade do condutor.

O condutor deve manter-se atento aos imprevistos que possam surgir durante a condução, como, por exemplo, obstáculos móveis (criança, animal, carrinho de criança, bicicleta...) ou demasiado pequenos ou finos (pedras de pequena dimensão, um pau fino...) para serem detectados pelo sistema.

UTILIZAR A CÂMARA DE MARCHA-ATRÁS