Regressar à lista

SISTEMA DE CONTROLO DA PRESSÃO DOS PNEUS

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Se o veículo estiver equipado com a função, este sistema monitoriza a pressão de enchimento dos pneus.

Princípio de funcionamento

Cada uma das rodas (exceto a roda sobressalente) possui um sensor, implantado na válvula de enchimento, que verifica, periodicamente, a pressão de enchimento do pneu.

O sistema apresenta no quadro de instrumentos 1 as pressões em curso e alerta o condutor em caso de pressão insuficiente.

Reinicialização do valor de referência da pressão dos pneus

Deve ser efectuada:

- quando a pressão de referência dos pneus tiver de ser modificada para ser adaptada às condições de utilização (vazio, carregado, condução em autoestrada...);

- após uma troca de rodas (contudo, esta prática não é aconselhada);

- depois da mudança de uma roda.

Deve ser efetuada sempre depois da verificação a frio das pressões de enchimento dos 4 pneus.

As pressões de enchimento devem corresponder à utilização atual do veículo (vazio, carregado, condução em autoestrada...).

Se o veículo estiver equipado com um sistema de navegação, a reinicialização pode ser também realizada a partir do ecrã multifunções 3. Selecione o menu “Veículo”, “Pressão dos pneus”.

Procedimento de reinicialização

Com a ignição ligada:

- efetue uma pressão breve e repetida no comando 2 para selecionar a visualização da pressão dos pneus e a função “Pressão dos pneus”;

- faça uma pressão longa (cerca de 3 segundos) no comando 2 para efetuar a reinicialização. A intermitência dos pneus, seguida das mensagens “Parametr. pres. pneus iniciada” e, em seguida, “Localização pneus em curso”, indica que o pedido de reinicialização do valor de referência de pressão dos pneus foi efetuado com sucesso.

A reinicialização pode demorar vários minutos de condução.

Se a reinicialização for seguida de trajectos curtos, a mensagem «Localização pneus em curso» pode manter-se afixada após vários arranques sucessivos.

Nota

O valor da pressão de referência não pode ser inferior à preconizada e indicada no enquadramento da porta.

Visor

O visor 1 e o indicador 4 no quadro de instrumentos informam-no sobre eventuais anomalias de enchimento (pneu vazio, pneu furado, sistema fora de serviço…).

Para sua segurança, se o indicador ® se acender, pare de imediato de modo compatível com as condições de circulação.

« Ajustar pressão dos pneus »

A roda B é apresentada a laranja, o testemunho 4 acende-se e a mensagem “Ajustar pressão dos pneus” é apresentada.

Indicam que uma roda está pouco cheia.

Se necessário, controle e reajuste a frio as pressões das quatro rodas.

O testemunho 4 apaga-se ao fim de alguns minutos de condução.

« Furo »

É apresentada uma roda B a vermelho, o testemunho 4 acende-se, a mensagem “Furo” é apresentada e é emitido um sinal sonoro. Esta mensagem é acompanhada do testemunho ®.

Tal indica a presença de um furo ou pressão extremamente baixa. Substitua o pneu em causa ou chame um representante da marca, se tiver um furo. Encha os pneus à pressão preconizada, se a roda estiver pouco cheia.

“Mandar verificar sensores pneus”

A roda A desaparece, o testemunho 4 pisca durante vários segundos e, em seguida, acende-se de forma contínua e a mensagem “Mandar verificar sensores pneus” é apresentada.

Esta mensagem é acompanhada do indicador ©. Indicam que pelo menos uma roda não está equipada com sensores (por exemplo, roda sobressalente). Nos outros casos, contacte um representante da marca.

A perda súbita de pressão de um pneu (rebentamento de um pneu...) pode não ser detetada pelo sistema.

“Localização pneus falhada”

Esta mensagem “Localização pneus falhada” será apresentada em andamento se uma ou várias rodas estiverem equipadas com sensores não reconhecidos pela Renault.

Consulte um representante da marca.

Reajustamento da pressão dos pneus

As pressões devem ser ajustadas a frio (consulte a etiqueta situada no enquadramento da porta do condutor). Caso a verificação da pressão não possa ser efetuada com os pneus frios, é necessário acrescentar às pressões recomendadas entre 0,2 e 0,3 bar (3 PSI).

Nunca tire pressão a um pneu quente.

Substituição de rodas/pneus

Este sistema obriga à utilização de equipamentos específicos (rodas, pneus, tampões de roda...). PNEUS

Contacte um representante da marca para montar pneus novos e para descobrir acessórios compatíveis com o sistema e disponíveis a partir da sua rede de concessionários: a utilização de outros acessórios poderá afetar o correto funcionamento do sistema ou pode danificar um sensor.

Roda sobressalente

Nos veículos que a tenham, a roda sobressalente não tem sensor.

Aerossóis tapa-furos e kit de enchimento de pneus

Devido à especificidade das válvulas, utilize apenas os equipamentos homologados pela rede da marca. KIT DE ENCHIMENTO DOS PNEUS

Mudança de roda

O sistema pode demorar vários minutos, consoante as condições de circulação, para identificar as novas posições das rodas e as pressões; verifique a pressão dos pneus depois de qualquer intervenção.

Esta função constitui uma ajuda suplementar à condução.

Todavia, a função não intervém em lugar do condutor. Por isso, em caso algum o sistema poderá substituir a vigilância e a responsabilidade do condutor. Verifique a pressão dos pneus (incluindo a da roda sobressalente) uma vez por mês.