Regressar à lista

ALERTA DE ÂNGULO MORTO

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Utilizando informações provenientes dos sensores montados em cada um dos lados do para-choques traseiro (zona C), a função avisa o condutor:

- quando um veículo se encontra na zona do ângulo morto A e circula no mesmo sentido que o seu veículo;

e/ou

- quando existe um risco de colisão com um veículo que se encontre na zona B e a circular mais depressa do que o seu veículo numa via adjacente.

A função avisa quando o seu veículo circula a uma velocidade superior a aproximadamente 15 km/h.

Particularidade

Certifique-se de que a zona C em torno dos radares de cada um dos lados do para-choques traseiro não está obstruída (por sujidade, lama, neve, etc.).

Se algum dos radares estiver obstruído, a mensagem “Sensores later. sem visibilidade” será apresentada no quadro de instrumentos. Limpe a zona em que os sensores se encontram.

A função não notifica o condutor caso os restantes veículos não estejam em movimento.

Esta função constitui uma ajuda suplementar à condução. Esta função não substitui, de forma alguma, a vigilância e a responsabilidade do condutor, o qual deve assegurar sempre o controlo do veículo.

Activação/desactivação

Para ativar ou desativar a função através do ecrã multimédia 1, consulte as instruções do sistema multimédia.

Selecione “ON” ou “OFF”.

Indicador 2

O indicador 2 situa-se em cada um dos retrovisores 3.

Nota:

- limpe regularmente os retrovisores 3 de modo a poder visualizar corretamente os indicadores 2;

- se ultrapassar outro veículo, o indicador 2 apenas se acenderá se esse veículo permanecer no ângulo morto do veículo A durante um período suficientemente longo.

A capacidade de deteção do sistema segue uma largura de via standard. Ao conduzir numa via estreita, a função pode avisar quando é detetado um veículo para além da via adjacente.

Visor D

Primeiro aviso: com o pisca-pisca não acionado, o indicador 2 assinala que é detetado um veículo na zona de ângulo morto e/ou que um veículo se aproxima rapidamente por trás, numa via adjacente.

Visor E

Com o pisca-pisca acionado, o indicador 2 pisca quando a função deteta um veículo na zona de alerta de ângulo morto e/ou quando um veículo se aproxima rapidamente por trás ou pelo lado para o qual irá rodar o volante. Se desativar o pisca-pisca, a função passa para o primeiro aviso (apresentação D).

Condições de não funcionamento

- Ao circular numa estrada com curvas apertadas;

- em marcha-atrás.

Se o veículo estiver equipado com um reboque reconhecido pelo sistema, a mensagem “Reboque: aviso de ângulo morto desligado” será apresentada no quadro de instrumentos para informar que a função não está operacional.

Para escolher o equipamento adaptado ao seu veículo, aconselhamo-lo a consultar um representante da marca.

Ao ligar o motor, o sistema adota o último estado guardado antes de a ignição ter sido desligada (consulte as páginas anteriores).

Anomalia de funcionamento

Se o sistema detetar uma anomalia, a mensagem “Verificar sensores lat.” será apresentada no quadro de instrumentos. Dirija-se a um representante da marca.

Devido à presença de sensores por trás do para-choques, é aconselhável solicitar a realização de qualquer intervenção no para-choques (reparação, substituição, pintura, etc.) a um profissional qualificado.

- A capacidade de deteção do sistema segue uma largura de via standard. Se conduzir numa via larga, o sistema pode não detetar um veículo no ângulo morto.

- Em caso de exposição a fortes níveis de ondas eletromagnéticas (como, por exemplo, sob cabos de alta tensão) ou condições meteorológicas muito adversas (chuva forte, neve, etc.), o sistema pode ser afetado momentaneamente. Mantenha-se atento às condições de circulação.

Risco de acidente.

Esta função constitui uma ajuda suplementar à condução. Esta função não substitui, de forma alguma, a vigilância e a responsabilidade do condutor, o qual deve assegurar sempre o controlo do veículo.

O condutor deve adaptar sempre a sua velocidade às condições de circulação independentemente das indicações do sistema.

O sistema não deve, em caso algum, ser considerado um detector de obstáculos ou um sistema anti-colisão.

Intervenções/reparações do sistema

- Em caso de impacto, o alinhamento do radar poderá ser modificado e o respetivo funcionamento será afetado. Desative a função e consulte um representante da marca.

- Qualquer intervenção na zona dos radares (reparações, substituições, etc.) deve ser realizada por um profissional qualificado.

Apenas um representante da marca está habilitado a intervir no sistema.

Em caso de perturbação do sistema

Determinadas condições podem perturbar ou degradar o funcionamento do sistema, tais como:

- meio envolvente complexo (pontes metálicas, túneis, estradas com barreiras na berma, etc.);

- más condições climatéricas (neve, granizo, gelo..).

Risco de falsos alarmes ou ausência de avisos

Em caso de comportamento anormal do sistema, desative-o e consulte um representante da marca.

Limitação do funcionamento do sistema

- A zona do radar deve permanecer limpa e isenta de modificações de modo a garantir o correto funcionamento do sistema.

- Os objetos de pequenas dimensões que se desloquem perto do veículo (motos, bicicletas, peões, etc.) poderão não ser reconhecidos pelo sistema.

- Ao entrar numa curva, os radares poderão deixar temporariamente de detetar veículos em faixas adjacentes.

- A função poderá avisar de forma tardia se dois outros veículos se aproximarem por trás, circulando lado a lado nas vias adjacentes (ou seja, ao circular numa estrada com 3 vias) e a uma velocidade muito superior à do seu veículo.

- O sistema poderá não emitir qualquer aviso quando os outros veículos circulam a uma velocidade significativamente diferente.

- Se o veículo for ultrapassado por um veículo longo (por exemplo, ultrapassagem de um veículo pesado de mercadorias a uma velocidade semelhante à do veículo), o sistema poderá interromper o aviso antes do final da manobra.

- O veículo circula numa estrada sinuosa.

Desactivação da função

Será necessário desativar a função se:

- a zona do radar foi danificada (para-choques traseiro);

- o veículo está equipado com um reboque não reconhecido pelo sistema.