Regressar à lista

ESTACIONAMENTO AUTOMÁTICO

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Utilizando detetores ultrassónicos conforme indicado pelas setas 3 colocadas nos para-choques do veículo, esta função ajuda a encontrar lugares de estacionamento acessíveis e facilita a manobra de estacionamento.

Remova as mãos do volante; apenas será possível controlar:

- o pedal de acelerador;

- o pedal do travão;

- a alavanca de velocidades.

Pode retomar o controlo em qualquer momento utilizando o volante.

Funcionamento

Com o motor a trabalhar e o veículo imobilizado ou ao circular a menos de aproximadamente 30 km/h:

- prima o interruptor 2. O testemunho no interruptor 2 acende-se e é apresentada a imagem A no ecrã multimédia 1.

- acione os pisca-piscas correspondentes ao lado do veículo em que pretende estacionar.

Particularidades

Certifique-se de que os detetores ultrassónicos indicados pelas setas 3 não estão obstruídos (por sujidade, lama, neve, uma placa de matrícula mal colocada, etc.).

Escolha da manobra

O sistema pode efetuar quatro tipos de manobra:

- estacionamento do veículo entre dois carros;

- estacionamento do veículo em paralelo;

- estacionamento do veículo em espinha;

- saída de estacionamento do veículo entre dois carros.

No ecrã multimédia 1, selecione a manobra a realizar.

Nota: ao ligar o veículo, ou após um estacionamento em paralelo realizado com êxito com a ajuda do sistema, a manobra predefinida proposta pelo sistema é a ajuda para sair de um lugar de estacionamento em paralelo. Noutros casos, a manobra predefinida pode ser definida a partir do ecrã multimédia 1. Para mais informações, consulte o manual do sistema multimédia.

Funcionamento

Paragem do veículo

Enquanto a velocidade do veículo for inferior a 30 km/h, o sistema procurará os lugares de estacionamento disponíveis no lado do veículo escolhido pelo condutor.

Nota: se existirem lugares de estacionamento disponíveis no outro lado do veículo, acione os pisca-piscas correspondentes ao outro lado para permitir que o sistema procure lugares de estacionamento.

Após encontrar um lugar, este é apresentado no ecrã multimédia, indicado por uma letra «P» minúscula. Circule lentamente, com os pisca-piscas ativados no lado em que o lugar de estacionamento está disponível, até à apresentação da mensagem «Parar» acompanhada de um sinal sonoro.

O arranque do sistema é acompanhado da ativação do sistema de ajuda ao estacionamento e, nos veículos assim equipados, da câmara de marcha-atrás ou da câmara de 360°, de modo a ajudar o condutor a visualizar a manobra. SISTEMA DE AUXÍLIO AO ESTACIONAMENTO, CÂMARA DE MARCHA ATRÁS e CÂMARA DE 360°.

Em seguida, o lugar de estacionamento é indicado no ecrã multimédia por uma letra «P» maiúscula.

- Pare o veículo;

- engrene a marcha-atrás.

O indicador acende-se no quadro de instrumentos acompanhado de um sinal sonoro.

- Largue o volante;

- siga as instruções apresentadas no ecrã multifunção 1.

A velocidade não deve ultrapassar os 7 km/h, aproximadamente.

A extinção do indicador no quadro de instrumentos, acompanhado por um sinal sonoro, avisa-o sobre o fim da manobra.

Esta função constitui uma ajuda suplementar à condução.

Como tal, o sistema não pode substituir em qualquer circunstância a vigilância e a responsabilidade do condutor durante as manobras (o condutor tem de estar sempre pronto a travar).

Saída de um estacionamento entre dois carros

- Efetue uma pressão breve no interruptor 2;

- Selecione o modo «Sair de lugar de estacionamento em paralelo»;

- ative os pisca-piscas referentes ao lado para o qual pretende desestacionar;

- efetue uma pressão longa no interruptor 2 (aproximadamente 2 segundos).

O indicador acende-se no quadro de instrumentos acompanhado de um sinal sonoro.

- Largue o volante;

- realize manobras à frente e atrás seguindo as instruções apresentadas no ecrã multimédia 1 e utilizando os alertas do sistema de ajuda ao estacionamento.

A velocidade não deve ultrapassar os 7 km/h, aproximadamente.

Assim que o veículo estiver em posição de sair do lugar de estacionamento, o testemunho desaparece do quadro de instrumentos e é emitido um sinal sonoro e apresentada uma mensagem no ecrã multimédia 1 para confirmar que a manobra foi concluída.

Ao manobrar, o volante poderá virar rapidamente: no coloque as mãos na parte interior e certifique-se de que nada fica preso na parte interior.

Suspender/retomar a manobra

A manobra é suspensa nos seguintes casos:

- se segurar no volante;

- se o veículo estiver imobilizado durante demasiado tempo;

- se um obstáculo na trajetória impedir o fim da manobra;

- se o motor parar;

- se uma porta ou o porta-bagagens forem abertos.

O testemunho do interruptor 2 apaga-se, o testemunho desaparece do quadro de instrumentos e um sinal sonoro confirma que a manobra foi suspensa. O motivo da suspensão da manobra será apresentado no ecrã multimédia 1.

Certifique-se de que:

- não está a segurar o volante;

e

- todas as portas e o porta-bagagens estão fechados;

e

- nenhum obstáculo está na trajetória;

e

- o motor está ligado.

Se o testemunho no interruptor 2 piscar, tal indicará que o sistema está novamente disponível para retomar a manobra.

Para retomar a manobra, efetue uma pressão longa no interruptor 2. O testemunho do interruptor 2 acende-se e é apresentado no quadro de instrumentos.

Siga as instruções apresentadas no ecrã multimédia 1.

Anulação da manobra

A manobra é cancelada nos seguintes casos:

- a velocidade do veículo ultrapassou os 7 km/h;

- premindo o interruptor 2;

- efetuou mais de dez movimentos para frente/para trás durante uma manobra;

- os sensores do sistema de auxílio ao estacionamento estão sujos ou obstruídos;

- se as rodas do veículo patinarem;

- se a manobra estiver suspensa durante demasiado tempo.

O testemunho do interruptor 2 apaga-se, o testemunho desaparece do quadro de instrumentos e um sinal sonoro confirma que a manobra foi cancelada. O motivo do cancelamento da manobra será apresentado no ecrã multimédia 1.

Esta função constitui uma ajuda suplementar à condução. Esta função não substitui, de forma alguma, a vigilância e a responsabilidade do condutor, o qual deve assegurar sempre o controlo do veículo. Certifique-se de que a manobra segue as regras de circulação em vigor nas vias utilizadas.

O condutor deve estar sempre preparado para imprevistos que possam surgir durante a condução: certifique-se sempre de que não existem obstáculos móveis estreitos e de pequenas dimensões (como, por exemplo, uma criança, um animal, um carrinho de criança, uma bicicleta, uma pedra, um poste, equipamento de reboque, etc.) no ângulo morto durante a manobra.

Intervenções/reparações do sistema

- Em caso de impacto, o alinhamento dos sensores poderá ser modificado e o respetivo funcionamento poderá ser afetado. Desative a função e consulte um representante da marca.

- Qualquer intervenção na zona dos sensores (reparações, substituições, modificações dos equipamentos exteriores, etc.) deve ser realizada por um profissional qualificado.

Apenas um representante da marca está habilitado a intervir no sistema.

Casos de perturbação do sistema

Determinadas condições poderão perturbar ou impedir o funcionamento do sistema, como, por exemplo, condições climáticas adversas (neve, granizo, gelo, etc.).

Em caso de comportamento anormal do sistema, desative-o e consulte um representante da marca.

Risco de falsos alarmes.

Limitações do funcionamento do sistema

- O sistema pode não detectar objectos nos ângulos mortos dos sensores

- Efectue sempre um controlo visual para verificar se o lugar de estacionamento apresentado pelo sistema continua disponível e livre de obstáculos.

- O sistema não deverá ser utilizado ao rebocar um atrelado ou se existir um sistema de reboque ou de transporte de carga no veículo ou em veículos circundantes.

UTILIZAR O SISTEMA DE AJUDA AO ESTACIONAMENTO TRASEIRO/DIANTEIRO/LATERAL